Buscar
  • odontocedroni

ROER UNHAS PODE DESGASTAR OS DENTES E O ESMALTE DENTAL?


Você está com sensibilidade dentária? Esse problema pode ser causado por uma série de fatores que motivam o desgaste do esmalte dentário e do próprio dente. Além do bruxismo, da escovação bruta dos dentes e do hábito de morder ou abrir objetos duros com a boca serem os causadores mais comum, o hábito de roer as unhas também é capaz de refletir nessa lesão nos dentes? O Sorrisologia entrevistou o especialista Diego Limoeiro que esclareceu o assunto.


ASSIM COMO O BRUXISMO O HÁBITO DE ROER AS UNHAS PODE DESGASTAR O ESMALTE DENTAL E OS DENTES?


Roer unha não é só uma mania feia. Esse hábito também pode ser considerado um problema crônico que possui um nome bem estranho chamado onicofagia. "Ele pode exercer uma pressão constante nos dentes, gerando desgaste e até fissuras, em casos mais graves", explicou o dentista. 

A onicofagia, funciona como uma válvula de escape para quem tem problemas de ansiedade ou estresse. Desta forma, um dos passos mais importantes para eliminar essa mania é descobrir a raiz do problema e tratá-la.


COMO PARAR DE ROER AS UNHAS E TRATAR O DESGASTE DENTÁRIO?


De acordo com Diego, a melhor maneira de controlar esse problema é manter as unhas bem cuidadas, aparadas e, para as mulheres que desejarem, coloridas com esmalte. "Também é importante ressaltar que em alguns casos o tratamento psicológico é indicado para elucidar e tratar a causa emocional", ressaltou. 


Já o desgaste dos dentes, pode ser tratado com uma restauração dentária. O procedimento pode ser feito com resina composta ou o cimento de ionômero de vidro (CIV), materiais mais indicados já que a amálgama não pode ser mais usada. 


QUAIS OUTROS PROBLEMAS O HÁBITO DE ROER AS UNHAS PODE AFETAR A SAÚDE BUCAL


Além do desgaste do esmalte dentário e dos próprios dentes, o hábito de roer as unhas também pode causar:


- Problemas gengivais;

- Dores nas regiões musculares;

- DTM;

- Causar graves problemas no estômago se forem ingeridas.


O especialista ressalta outro fator importante em tempos de pandemia: o grande risco da contaminação do coronavírus. Para evitar o contágio, é importante praticar todas as medidas de prevenção e higiene, como lavar as mãos com sabão ou usar álcool gel, escovar os dentes todos os dias após às refeições e não colocar a mão na boca e muito menos roer as unhas. 


Fonte: sorrisologia



11 visualizações0 comentário