Buscar
  • odontocedroni

DENTES AMARELADOS: O QUE SIGNIFICA? POR QUE ELES FICAM ASSIM? COMO CLAREAR?


Lidar com dentes amarelados pode ser um verdadeiro pesadelo para quem preza pela saúde bucal. Além de comprometer a estética do seu sorriso, a coloração pode ser um sinal de alerta para uma série de problemas, como a sensibilidade e a erosão dentária. Por isso, antes de optar pelo clareamento dental, é importante entender a causa do problema para iniciar o tratamento adequado. Para tirar todas as dúvidas sobre o assunto, reunimos abaixo tudo o que você precisa saber a respeito dos cuidados para prevenir os dentes amarelados.

1. Por que os dentes ficam amarelos?

Antes de buscar formas de clarear os dentes amarelados, é importante entender como a mudança de coloração acontece. De acordo com a dentista Flávia Bazilio, existem uma série de hábitos que podem resultar no quadro. "A cor dos dentes é determinada pela dentina, que está localizada logo abaixo do esmalte. Como o esmalte é transparente ele reflete a cor original da dentina", explica. Ou seja: o branco do seu sorriso pode sofrer influência de fatores externos, como o consumo de alimentos com corantes, tabagismo, entre outros.

2. Dentes amarelados: entenda os fatores que podem resultar no quadro

Se engana quem pensa que dentes amarelados são causados apenas por uma má higiene bucal. Na verdade, existem diversos fatores que podem influenciar na coloração do seu sorriso e resultar nesse incômodo. Que tal descobrir os principais deles? Veja abaixo:

2.1. MÁ HIGIENE BUCAL

Pode até parecer óbvio, mas uma das principais causas dos dentes amarelados é a má higiene bucal. Basta apenas um deslize para comprometer o efeito whitening do seu sorriso. Por isso, é importante ter em mente que realizar a limpeza dos dentes de maneira completa, respeitando os dois minutos de escovação, é fundamental para garantir a estética e a saúde do seu cartão de visitas.

Para além dos nossos hábitos diários, existem outros fatores que podem influenciar nessa tonalidade dentária. Alguns procedimentos odontológicos, quando realizados sem os devidos cuidados, por exemplo, podem colaborar para os dentes amarelados. "O tratamento de canal mal realizado também interfere na coloração dos dentes", alerta a dentista Kalina. Outros fatores que prejudicam a cor natural dos dentes é a fluorose, que é a ingestão excessiva de flúor, e o uso indiscriminado de produtos branqueadores sem a supervisão de um profissional.

2.2. EROSÃO DENTÁRIA

Outro fator que pode resultar no amarelamento dos dentes é a erosão dentária. Caracterizada pela perda do tecido dental duro de forma progressiva e irreversível, a doença bucal leva a corrosão do esmalte dentário, resultando na exposição da dentina, que tem a cor amarelada. Por isso, ao notar qualquer mudança na coloração do seu sorriso, é importante consultar um profissional o quanto antes. Dessa forma, é possível planejar um programa de tratamento restaurador adequado e de sucesso. “Deve-se orientar o paciente a ter hábitos saudáveis e evitar alimentos ácidos, que acarretam no desgaste dental”, comenta a especialista Kalina.

2.3. TABAGISMO

Além de afetar diretamente na saúde geral, o tabagismo é também responsável pelo amarelamento dos dentes. "Sabe-se que o cigarro é um dos fatores que mais prejudicam a saúde da boca e não importa a quantidade", alerta a dentista Kalina. Ainda que outros fatores possam colaborar para o aspecto amarelado, como a alimentação e o envelhecimento natural da dentina, os maus hábitos são os principais responsáveis por desbotar a cor natural do sorriso.

2.4. CAFÉ, REFRIGERANTE... CONSUMO DE ALIMENTOS PIGMENTADOS

Você certamente já deve ter ouvido falar que o café amarela os dentes, certo? No entanto, o que poucos sabem é que, ele não é apenas o único responsável pela coloração no sorriso. Muitos alimentos do seu cardápio acabam sendo o motivo do amarelamento dos dentes. "Uso excessivo de bebidas e alimentos com corantes como café, chocolate, vinho, molhos, entre outros podem contribuir para o quadro", afirma Kalina. Para reverter este cenário, o ideal é iniciar uma dieta mais balanceada e adotar técnicas que driblam as manchas nos dentes, como o uso de canudo para beber sucos ou refrigerantes.

2.5. GENÉTICA

Dentre as causas para o amarelamento dos dentes, a genética é uma das mais esquecidas entre os pacientes. Embora a cor dos dentes varie de acordo com os costumes de cada pessoa, em alguns casos, a genética pode abrir uma exceção para tal regra. "Doenças congênitas, como a dentinogênese ou amelogênese imperfeita, provocam problemas no esmalte ou na dentina, fazendo que estes adquiram uma cor amarelada ou até marrom", revela Kalina. Por isso, causas genéticas são difíceis de controlar e, infelizmente, não possuem medidas de prevenção.

3. O que fazer para não ter dentes amarelos?

O melhor remédio é a prevenção, certo? Por isso, é importante seguir alguns cuidados na sua rotina para garantir que seus dentes estarão protegidos da coloração amarelada. Pensando em te ajudar, nós listamos abaixo algumas dicas para evitar os dentes amarelados.

1. Mantenha uma boa higiene bucal: a rotina de limpeza dos dentes pode influenciar diretamente no surgimento do aspecto amarelado. Por isso, é fundamental fazer o uso de cremes dentais branqueadores, fio dental e enxaguante bucal. Além disso, a profilaxia dentária realizada no consultório periodicamente também pode ajudar a evitar os dentes amarelados.

2. Diminua o consumo de alimentos e bebidas pigmentadas: alimentos industrializados ou que levam corantes, consumidos ao longo do tempo, podem amarelar os dentes. Para driblar esse quadro, o ideal é adaptar a sua alimentação para uma mais saudável, amenizando o consumo desses alimentos e bebidas.

3. Evite fumar e consumir bebidas alcoólicas: existem também alguns hábitos que precisamos romper para o bem da nossa saúde geral e bucal. O fumo e o consumo de bebidas alcoólicas, por exemplo, são os principais deles. Além de serem os maiores fatores para o câncer de boca, eles também podem causar manchas amareladas nos dentes. Sendo assim, melhor evitar, certo?!

4. Invista no clareamento dental: quando se trata de dentes amarelados, o clareamento é a melhor medida para eliminar a coloração indesejada. No entanto, vale ressaltar que a técnica deve ser realizada com a indicação e o acompanhamento profissional para garantir um bom resultado.


fonte sorrisologia

8 visualizações0 comentário